1º VICE VISITA SENAI CIMATEC

TERÇA-FEIRA, 04 DE JUNHO DE 2019 ÀS 17:05

O 1º Vice-Presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, juntamente com o Presidente do TJBA, Desembargador Gesivaldo Britto, realizou uma visita institucional ao Senai Cimatec nessa segunda-feira (3). A iniciativa visa a fortalecer a cooperação técnica e fomentar novas parcerias entre as organizações no campo do conhecimento.

A comitiva do TJBA, formada por Secretários, Assessores e Diretores, foi recebida por executivos do Senai Cimatec. Durante um café da manhã oferecido aos visitantes, foi explicado o funcionamento, a logística e as ações do Senai Cimatec que representa o avanço e a modernização do Sistema Fieb – Federação das Indústrias do Estado da Bahia.

À visita institucional, além do Presidente do TJBA e do 1º Vice-Presidente, compareceram: os Desembargadores Jefferson Alves de Assis, Nágila Maria Sales Brito, Soraya Moradillo Pinto e Aracy Lima Borges.

Os convidados conheceram a infraestrutura do Campus Integrado de Manufatura e Tecnologias – Senai Cimatec, inaugurado em março de 2002, um dos mais avançados centros de educação, tecnologia e inovação do país. A instituição integra um Centro Tecnológico, um Centro Universitário e uma Escola Técnica que operam, de forma sinérgica, em um campus com área construída superior a 35.000 m², mais de 800 funcionários, 56 laboratórios, 42 áreas de competência alinhadas às demandas da indústria, incubadora e aceleradora de base tecnológica (40 startups por ano) e uma carteira com mais de 80 projetos de projetos de PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) com empresas nacionais e internacionais.

Parceria com o TJBA – Em 2017, mais de 20 técnicos do TJBA foram capacitados e treinados em mais de cinco diferentes softwares ligados ao Bin envolvendo segmentos de arquitetura, estruturas e instalações. Houve também a criação de um banco de dados para o processamento do Bin dentro do Departamento de Engenharia. No ano seguinte, o desafio foi ainda maior com os diferenciais de um projeto complexo, o status da obra e a sinergia entre os atores de execução e acompanhamento. Especialistas fazem um intercambio com resultados expressivos, desde a concepção do projeto até a finalização, conforme explicou a Engenheira e Gerente de mercado do Senai Cimatec, Júlia Ribeiro.

A gestão do Desembargador Gesivaldo Britto valoriza a educação e o conhecimento como patrimônio para fortalecer o legado do TJBA. Assim, nasceu a ideia de fazer também um curso de extensão para ampliar o conhecimento, as habilidades e as competências para o exercício da função pública.

Em 2019, por meio da Universidade Coorporativa do TJBA (Unicorp), coordenada pela Juíza Rita Ramos, Assessora Especial da Presidência, o TJBA avança e amplia a oferta de cursos. Neste ano, foi assinado um termo de cooperação técnica com o Senai Cimatec para oferecer capacitação em gestão pública aos servidores do Judiciário baiano. Dez cursos específicos têm conteúdo programático com o objetivo de capacitar todo o corpo técnico do TJBA.

Clique aqui e conheça os cursos.

Além dessas capacitações, é ofertado o Curso de Pós-Graduação em Gestão Pública. A metodologia inclui recursos modernos e digitais para melhorar a eficácia dos processos.

Senai Cimatec – O Senai Cimatec foi idealizado como um Centro Tecnológico para promover o desenvolvimento da indústria e atuar diretamente na integração dos processos de pesquisa e inovação do Centro Universitário. A instituição acumula uma vasta experiência na execução de projetos de diversas complexidades e destaca na realização de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PD&I) em parcerias com empresas e instituições nacionais e internacionais, somando mais de R$ 300 milhões de recursos de projetos e elevados indicadores de propriedade intelectual, com mais de 90 ativos de patentes.

O Senai foi criado para fazer formação profissional a fim de atender ao segmento industrial, mas avançou muito e passou a transferir tecnologia a fim de ampliar e garantir a produtividade e competitividade no mercado globalizado. Os centros de educação profissional, tecnologia e inovação passaram a dar apoio significativo às empresas em nível nacional. A Bahia e mais os 25 Estados da Federação e o Distrito Federal têm acesso a essas ferramentas e o conhecimento para ampliar as vantagens competitivas e comparativas de mercado. São 41 instituições de ensino superior, 26 institutos de inovação e 61 de tecnologia para assumir a condição de maior rede de tecnologia do país.

O Cimatec, por sua vez, é também um dos principais desenvolvedores de projetos em cooperação com a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EmbrapII), desde a operação piloto, em 2011, e já foi reconhecido pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) como a melhor Instituição de Pesquisa e Inovação Tecnológica do Nordeste. Além disso, outras fontes de financiamento para PD&I, como Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), Lei de Informática, Sebraetec e o Edital Senai Sesi de Inovação, são prospectadas e identificadas, com a intermediação e assessoria da instituição.

Ensino Superior – O Centro Universitário Senai Cimatec foi reconhecido seis vezes, nos últimos sete anos, como melhor instituição de ensino superior em engenharia do Norte e Nordeste, entre faculdades, centros universitários e universidades públicas e privadas.

No total, são nove cursos de Engenharia – Computação, Controle e Automação, Elétrica, Mecânica, Materiais, Produção, Química, Civil e Automotiva – todos avaliados com conceito 4 ou 5 pelo Ministério da Educação, com excelência e foco na indústria. Além da graduação, o Centro Universitário oferta também 20 cursos de pós-graduação (MBA, MBI e Especialização), três cursos de mestrados e dois cursos de doutorado, avaliados com conceito 5 pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Empreendedorismo – O Senai Cimatec possui um amplo ecossistema que dispõe de soluções de incubação, aceleração, tecnologia, inspiração, financiamento e educação empreendedora. O foco é impulsionar a geração de startups de alto impacto, alinhadas às principais demandas da sociedade e fronteiras abertas com a revolução tecnológica em curso, em um completo ecossistema.

O Senai Cimatec conta com infraestrutura de ponta, que utiliza tecnologia avançada e equipamentos modernos, como os laboratórios de Manufatura Avançada, Dinamômetro de Motores, Compatibilidade Eletromagnética, Mecânica de Precisão, Conformação e União de Materiais, Materiais Poliméricos, Centro de Referência em Logística, Planta Piloto de Montagem de Placas Eletrônicas e muitos outros que compõem a atmosfera de vanguarda do Campus.

A instituição incorpora à sua estrutura o Centro de Supercomputação para Inovação Industrial, onde operam os supercomputadores Omolu, montado em parceria com a Fiocruz para processamento de dados de pesquisas na saúde pública; o Cimatec Yemoja, segundo supercomputador mais potente da América Latina; e o Cimatec Ògún, que realiza simulações e modelagens computacionais essenciais para garantir processos de inovação na indústria.

O Instituto de Tecnologias da Saúde foi criado para apoiar o desenvolvimento de fármacos, medicamentos, equipamentos e materiais de uso em saúde para que sejam estratégicos para o SUS, com a realização de pesquisa, desenvolvimento, inovação, regulação de gerenciamento de dados econômicos e assistenciais. O ITS desenvolve tecnologias de ponta, como nanotecnologia e fármacos inteligentes, que apoiarão a evolução do sistema de saúde.