MUNICÍPIO DE MARCIONÍLIO SOUZA GANHA UNIDADE CEJUSC E PRESTAM HOMENAGEM AO 1º VICE

TERÇA-FEIRA, 08 DE OUTUBRO DE 2019 ÀS 14:45

Na tarde da última sexta-feira (04/10), o Desembargador Augusto de Lima Bispo compareceu ao município de Marcionílio Souza, representando o Presidente do Tribunal de Justiça, o Excelentíssimo Desembargador Gesivaldo Nascimento Britto, para a inauguração de mais uma unidade do Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflito- CEJUSC.

A unidade viabilizará a composição de conflitos em fase pré processual, através da mediação e da conciliação, figurando como Juiz Coordenador o Bel. Matheus Martins Moitinho.

O CEJUS de Marcionílio Souza está localizado na região central, próximo ao comércio, bancos e outros serviços da municipalidade e substituirá o serviço anteriormente realizado pelo Conselho Municipal de Conciliação.

Na ocasião a Câmara Municipal de Marcionílio Souza, de acordo com o Decreto Legislativo nº 001, de 03/10/2019, de autoria do vereador Rudival Sobral Almeida, conferiu ao Desembargador Augusto Lima Bispo título honorífico de cidadão marcionilense.

A distinção foi concedida à unanimidade pelos Vereadores da Casa Legislativa, que também se fizeram presentes à solenidade.

Na sua fala de agradecimento o Desembargador Augusto de Lima Bispo, agradeceu emocionadamente aos Senhores Vereadores, bem assim ao Prefeito Sr. Adenilton dos Santos Meira.

A solenidade foi carregada de simbolismo, tendo em vista que o homenageado “ainda nos braços da mãe” chegou com sua família ao município, de onde saiu já no inicio da adolescência, para estudar em Cachoeira.

A família Bispo radicou-se no Distrito de Queimadinhas, distante 24km da sede do Município de Marcionílio Souza, onde o pai do eminente Desembargador estabeleceu-se comercialmente, como fornecedor de insumos para a Rede Ferroviária Federal, além de empreender em duas propriedades rurais.

O Distrito foi visitado pouco antes da solenidade, pelo Desembargador Augusto de Lima Bispo, que reencontrou amigos e pode visitar a casa onde morou na sua primeira infância; a igreja que seu pai ajudou a edificar e a avenida que leva o seu nome.