1ª Vice-Presidência disponibiliza relatório da Pesquisa de Satisfação do SECOMGE

TERÇA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2019 ÀS 18:10
Compartilhar:

No período de 15 a 23/11/2018 os Senhores Desembargadores, seus Assessores e, também os Secretários dos diversos Órgãos julgadores, responderam a pesquisa de satisfação, realizada pela 1a Vice-Presidência, relativa ao Serviço de Comunicações Gerais (SECOMGE).

 

 

A pesquisa teve como foco a análise do atendimento, cadastramento dos feitos, estudo da prevenção, distribuição propriamente dita dos processos judiciais no âmbito do 2º Grau, e serve para que a 1a Vice-Presidência avalie a eficacia dos processos de trabalho e a eventual necessidade de ações preventivas ou corretivas, na busca pela melhoria contínua dos serviços prestados.

 

 

De um modo geral, comparado com o ano anterior (2017), quando o mesmo questionário foi aplicado, houve uma melhora dos critérios de avaliação, ótimo ou bom, indicando o aprimoramento dos serviços prestados pelo Órgão encarregado pela Distribuição.

 

 

O público-alvo da pesquisa contribuiu significativamente apontando diversas oportunidades de melhorias, algumas imediatamente implementadas, como por exemplo a regulamentação dos prazos para redistribuição de processo, o que foi concretizado através da Portaria nº VP1-56/2018-SG.

 

 

Outras demandas, contudo, perpassam pela automação de rotinas, cujos projetos já se encontram em andamento na SETIM, a exemplo da integração do sistema SIMPED com os sistemas judiciais, de modo que contemple não apenas a consulta de impedimentos, como também o estudo da prevenção.

 

 

A 1ª Vice-Presidência, atenta aos resultados da pesquisa sob comento, elaborou cronograma para acompanhamento da implementação das oportunidades de melhorias sugeridas pelos Senhores Desembargadores, Assessores e Secretários de Câmara, assumindo o compromisso de manter os nossos usuários internos devidamente informados acerca das melhorias implementadas, à medida que estas forem ocorrendo.

 

 

Conheça abaixo a síntese dos resultados obtidos com a pesquisa aqui referida.

 

 

Cortesia no atendimento – ao analisar esse serviço, 97% dos usuários dos Gabinetes de Desembargador avaliaram o quesito como ótimo ou bom, enquanto 90% dos Secretários de Câmaras avaliaram o quesito como ótimo ou bom;

 

Clareza das informações prestadas – os usuários dos Gabinetes de Desembargador pontuaram em 97% como ótimo ou bem e os usuários dos Órgãos julgadores pontuaram em 90% para a avaliação ótimo ou bom;

 

 

Clareza no cadastramento dos processos – 85% dos usuários dos Gabinetes de Desembargador e 90% dos usuários dos Órgãos Julgadores pontuaram o serviço como ótimo ou bom.

 

 

Exame da prevenção – este quesito foi examinado tão somente pelos usuários dos Gabinetes de Desembargador. O conceito ótimo obteve 16% e o conceito regular ficou em 62%. Houve um acréscimo em relação ao conceito regular e de igual modo no que diz respeito ao conceito ótimo quando comparado com o ano anterior. O desempenho do Órgão no estudo da prevenção registrou perda de eficácia, face ausência, diga-se de passagem, de automação na rotina, sendo necessária, por isso, a consulta a 04 (quatro) sistemas judiciais ainda em uso. A automação desejada encontra-se em via de implementação através do sistema SIMPED-PREV, em fase final de integração com os sistemas judiciais ora em uso.

 

 

Celeridade e correção da Distribuição – o sistema de Distribuição apresentou um elevado nível de satisfação dos usuários dos Gabinetes de Desembargador, qualificando o serviço como ótimo ou bom em 98% da enquete realizada.

 

 

O Desembargador Augusto de Lima Bispo oficiou aos participantes da pesquisa agradecendo a gentileza em responder ao questionário levado a efeito, ressaltando a importância das contribuições de melhorias sugeridas, destacando, por outro lado, o compromisso da 1ª Vice-Presidência em aprimorar o serviço do SECOMGE, que já é certificado pela Norma NBR ISO 9001/2015, em gestão de qualidade.

 

 

Conheça a íntegra do relatório da pesquisa de satisfação no link abaixo:

 

 

 

Pesquisa de Satisfação SECOMGE- 2018