Ir para o conteúdo
Buscar
NAVEGUE EM NOSSO SITE
Encontre o que deseja
Você está no perfil:

Mudar Perfil

Agência de Notícias

Buscar
BUSCA DE NOTÍCIAS
Biênio 2024-2026: nova Mesa Diretora evidencia investimentos e trabalho conjunto para aprimorar o Judiciário 
2 de fevereiro de 2024 às 20:23
Biênio 2024-2026: nova Mesa Diretora evidencia investimentos e trabalho conjunto para aprimorar o Judiciário 

  

Investir ainda mais na melhoria da prestação dos serviços ao cidadão e dar continuidade aos projetos da gestão anterior. Eis alguns dos pontos destacados pela nova Mesa Diretora, durante a solenidade de posse dos gestores, para o biênio 2024-2026. O evento ocorreu na manhã de quinta-feira (1º) e lotou o histórico Salão Nobre do Fórum Ruy Barbosa.  

No seu discurso, a Presidente recém-empossada, Desembargadora Cynthia Maria Pina Resende, falou sobre representatividade feminina em espaços de poder, já que, em 415 anos do Tribunal da Bahia, esta será a quarta gestão com uma mulher à frente do Judiciário. “Não existe superioridade feminina e masculina. Todos temos a mesma capacidade”, disse.  

De forma semelhante, a Desembargadora Pilar Célia Tobio de Claro, que assumiu a Corregedoria das Comarcas do Interior, ressaltou: “Vejo a importância de homens e mulheres se ajudarem mutuamente, de modo que a prestação jurisdicional alcance as áreas longínquas dessa Bahia”.  

O 1º Vice-Presidente, Desembargador João Bôsco de Oliveira Seixas, destacou o perfil da Presidente eleita: “Desembargadora Cynthia é uma pessoa muito centrada e ciente das suas atribuições”.   

O 2º Vice-Presidente, Desembargador José Alfredo Cerqueira da Silva, afirmou que vai estar junto à Presidente para o que for melhor para os magistrados da ativa ou aposentados, assim como para os servidores. “Faremos todo o esforço de melhorias para a categoria. É juntar forças, união e eu estou aqui para atuar com ela”, declarou, ressaltando que dará continuidade ao trabalho desenvolvido pela Desembargadora Márcia Borges.  

O Desembargador Roberto Maynard Frank, em sua nova missão frente à Corregedoria-Geral de Justiça do Tribunal baiano, por sua vez, deu saliência a tornar a prestação jurisdicional ainda mais célere e complementou. “Que possamos ser enérgicos e, especialmente, voltar os olhos aos cartórios extrajudiciais”.  

Descrição da imagem: Integrantes da nova Mesa Diretora do TJBA, biênio 2024-2026, no Tribunal Pleno, posando para foto{fim da descrição}.

#pracegover #pratodosverem 

Texto publicado: Ascom PJBA