Ir para o conteúdo
Buscar
NAVEGUE EM NOSSO SITE
Encontre o que deseja
Você está no perfil:

Mudar Perfil

Agência de Notícias

Buscar
BUSCA DE NOTÍCIAS
“Filhos são eternos bebês”: campanha do TJBA mostra os benefícios da adoção tardia
31 de maio de 2023 às 17:39
“Filhos são eternos bebês”: campanha do TJBA mostra os benefícios da adoção tardia

Alexandra Vasques esperava, há mais de três anos, para adotar uma criança entre 2 a 4 anos de idade. A preferência desapareceu ao conhecer Vitória, que na época, tinha 10. É para gerar essa transformação, que a campanha “Filhos são eternos bebês” do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) foi criada.  

Para Alexandra, a idade da filha adotiva, que hoje está com 21 anos, deixou de ser um critério relevante: “Em razão da idade da Vitória, a troca de afeto foi mais fácil. Nesse tipo de relação, a adoção é recíproca”, explica ela, que também é mãe do Bernardo, e destaca que os dois se deram “muito bem”.  

“Filhos são eternos bebês”: campanha do TJBA mostra os benefícios da adoção tardia

Lançada no dia 25/05, Dia Nacional da Adoção, a iniciativa realizada por meio da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ) do TJBA, mostra as vantagens da adoção tardia.   

A peça publicitária é iniciativa da CIJ, em parceria com o Ministério Público da Bahia (MP-BA) e com a Propeg – Agência de Comunicação. Além do fator ‘tempo’ na fila de espera cair de anos para semanas, o material mostra os benefícios múltiplos proporcionados pela adoção tardia, sensibilizando a sociedade civil para a importância do tema.  

Assista ao vídeo da campanha aqui.   

Atualmente, no estado da Bahia, existem 1.107 pretendentes habilitados e 146 crianças/adolescentes disponíveis para a adoção. Dessas, 123 possuem mais de 6 anos de idade, ou seja, inserem-se no quadro da adoção Tardia. O termo envolve, além de juvenis com idade avançada, grupos de irmãos e/ou com necessidades específicas de saúde ou deficiências. 

Indo contra o desejo comum entre os pretendentes habilitados, Fabiana Leal adotou há 6 meses uma criança com paralisia cerebral leve. Cheia de alegria, a mãe faz questão de ressaltar que é importante abrir o coração e a mente para esse tipo de adoção:  


“A felicidade não está na criança em perfeitas condições de saúde, ou em grupos de irmãos recém-nascidos. Ela está no coração de cada um”, disse o Presidente da CIJ, Desembargador Salomão Resedá, no dia da abertura da campanha – evento que contou com a participação do Presidente do TJBA, Desembargador Nilson Soares Castelo Branco.
 

“Meu sonho é ter uma família e uma irmã pra brincar comigo”, conta Lana Góis. Ela é uma das 29 crianças, com mais de seis anos de idade, disponíveis para adoção na capital baiana. 

Para quem deseja estabelecer laços familiares por meio da adoção, basta procurar a Vara da Infância e Juventude (VIJ) da sua cidade, portando os documentos necessários e manifestar interesse.  

Dentre os parceiros da ação estão: Federação Bahiana de Futebol; Arena Santiago; Arena Fonte Nova; Esporte Clube Bahia; Esporte Clube Vitória; Esporte Clube Jacuipense; Shoppings Centers de Salvador e Lauro de Freitas; Rádios, Televisões e Jornais; UPB; Prefeitura de Salvador; OAB; e Assembleia Legislativa.   

Saiba mais  

Spot da campanha:

 

Descrição da imagem: peça publicitária com informações da campanha {Fim da descrição}. 

#pracegover #pratodosverem 

 

Texto publicado: Ascom PJBA