Ir para o conteúdo
Buscar
NAVEGUE EM NOSSO SITE
Encontre o que deseja
Você está no perfil:

Mudar Perfil

Agência de Notícias

Buscar
BUSCA DE NOTÍCIAS
Presidente do TJBA reúne-se com executivas da Microsoft para discutir ideias no campo da tecnologia 
26 de fevereiro de 2024 às 18:30
Presidente do TJBA reúne-se com executivas da Microsoft para discutir ideias no campo da tecnologia 

Visando melhorar a performance das atividades no dia a dia, a Presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), Desembargadora Cynthia Maria Pina Resende, reuniu-se com a Vice-Presidente de Vendas para Setor Público, Educação e Saúde na Microsoft Brasil, Alessandra Karine, e com a Executiva de Contas para Governos, Ana Carla Marques. Ocorrido na sexta-feira (23), no Gabinete da Presidência, o encontro objetivou debater ideias e identificar aspectos a serem potencializados com o uso da inteligência artificial.  

Entre as inovações tratadas, estava o uso de uma tecnologia capaz de ler a petição inicial, catalogar e impulsionar a citação. “Precisamos de algo assim que possa auxiliar a produtividade do magistrado, especialmente no Primeiro Grau”, disse a Chefe do Judiciário baiano.  

Ao falar sobre a agilidade na análise de processos judiciais, o responsável pela Secretaria de Tecnologia, Informação e Modernização (Setim) do TJBA, Ricardo Neri, frisou: “o desafio é grande, porque precisamos de soluções que encurtem esse tempo”. Nesse sentido, foi discutida a utilização de uma ferramenta resumidora de petição, com vistas a obter maior eficácia no exercício dessa tarefa.   

Outros pontos discutidos envolveram a criação de um sistema de controle para a Secretaria de Gestão de Pessoas (Segesp), bem como o aprimoramento do editor de texto do Processo Judicial Eletrônico (PJE).   

Na ocasião, a executiva Ana Carla Marques externou a importância de expandir ferramentas que possam ser usadas nas outras áreas da organização, para além do setor de Tecnologia da Informação (TI). “A ideia é que esses novos modelos sejam de fácil uso e os usuários em áreas separadas tenham possibilidade de desenvolver pequenas coisas que os ajudem a ser mais rápidos”, frisou.   

Cabe salientar que o TJBA já desenvolveu uma série de projetos de inteligência artificial, a exemplo do Robô Haia, que identifica petições, classifica os processos na tarefa específica e prepara as minutas para revisão e assinatura do magistrado.  

Além dos citados, o responsável pela Diretoria de Governança do Tribunal baiano, Carlos Nestor Lima Passos de Silva, também participou da reunião dando efetivas contribuições.

Descrição da imagem: a Presidente Desembargadora Cynthia Maria Pina Resende e os demais participantes da reunião. {Fim da descrição} 

#pracegover #pratodosverem 

Texto publicado: Ascom TJBA