Ir para o conteúdo
Buscar
NAVEGUE EM NOSSO SITE
Encontre o que deseja
Você está no perfil:

Mudar Perfil

Agência de Notícias

Buscar
BUSCA DE NOTÍCIAS
Setim esclarece sobre a implantação do Microsoft 365 no PJBA e uso do Microsoft Teams
20 de setembro de 2021 às 18:22
Setim esclarece sobre a implantação do Microsoft 365 no PJBA e uso do Microsoft Teams

O Poder Judiciário da Bahia (PJBA), por meio da Secretaria de Tecnologia, Informação e Modernização (SETIM), esclarece sobre a adoção do Microsoft 365 no PJBA, destacando que o Microsoft Teams vem para colaborar na atuação administrativa do Judiciário baiano.

Confira a nota da SETIM:

Com o advento do trabalho remoto, em decorrência da pandemia, surgiu a necessidade de fornecer aos magistrados e servidores integrantes do Poder Judiciário da Bahia (PJBA) ferramentas de trabalho que lhe permitissem garantir uma maior eficiência no atendimento aos jurisdicionados.

Foi justamente nesse ensejo e também visando garantir evolução tecnológica no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia que teve origem a contratação do ambiente de colaboração Microsoft 365, solução que além de fornecer os serviços de e-mail e calendário, é composta por diversas aplicações que atendem a finalidades distintas, a exemplo de suíte de escritório (pacote Office), ferramenta de armazenamento de arquivos em nuvem (One Drive), ferramenta de gerenciamento de atividades (Planner), entre outras.

Dentre as soluções disponibilizadas com o Microsoft 365 encontra-se o Teams, que funciona como um ambiente de trabalho virtual, permitindo a troca de mensagens instantâneas, compartilhamento de arquivos e a realização de reuniões por voz e vídeo.

Assim, o Teams servirá como mais uma ferramenta para colaborar na atuação administrativa do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, permitindo uma integração mais rápida entre seus usuários e otimizando a utilização do tempo e dos recursos.

É importante destacar que a realização de atos que dependam da utilização de plataforma de videoconferência pelas unidades judicantes continuará ocorrendo por meio da plataforma Lifesize.

Texto publicado: Ascom TJBA